Segunda-feira, 2 de Novembro de 2009

MORRENDO

Há dias em que a tua morte me passa ligeira, ou pelo menos consigo enganar-me com essa ideia.

Mas quando a sinto, sinto-me no fundo de mim, aquela menina só a quem sorriste… porque talvez me agarrei a mais ou porque talvez nunca mais ninguém me agarrou assim ou sequer me deu a mão… sinto imenso a tua falta…

apenas o saber da tua existência, mesmo que tão para lá de mim…

precisava mesmo que me dissesses para não ligar a nada, para continuar fiel a mim mesma, que me apoiasses sem teres de me interrogar… que aceitasses o meu silêncio, o meu choro… talvez a minha eterna loucura… -porque ninguém para além de ti me consegue aceitar como sou, porque estupidamente ando triste e talvez nunca mais deixe de estar triste mas por não querer falar (“desabafar”) sinto que magoei alguém… e porque carga de água tenho sempre de magoar alguém, e sempre alguém que (supostamente) acha que gosta de mim.

 

         Não me enquadro como talvez nunca me tenha de facto enquadrado em parte alguma, mas talvez a tua presença, como a presença desses poucos e raros que aqui persistem (mesmo que a quilómetros) me tenha iludido com as risadas, e talvez sem querer tenha efectivamente acreditado que estava bem, que finalmente estava bem, que tinha uma família, que tinha um abrigo… e até um amor…

mas tu morreste, a distância impõe-se como sempre se impôs… mas cada vez mais sinto o tempo a esquartejar-me a pele, a saudade… sim neste momento sei o que é a saudade… sim… agora sei…

como sei o que é perder… perco-vos (poucos/raros) que me fizeram tanto na vida, perco-os para a morte ou para a vida em que os nossos relógios nunca se conseguem fundir num só fuso horário, a mesma estrada nunca vai dar ao mesmo fim… perco a minha esperança e estupidez natural a cada sonho no chão… e às tantas já não sei se esta sou mesmo eu. O meu nome sempre me foi estranho, mas vocês atenuaram-me essa estranheza, deram-lhe pela primeira vez um sentido… e agora recaí, Mónica nome do meu B.I e de tantos outros, nome provindo do grego com um significado até bonito (monikus – pessoa solitária, humanista, pensadora… eremita) e que me diz tanto até… mas não faz sentido tanta gente saber o meu nome, tanta gente chamar pelo meu nome para de facto me chamar a mim, seja eu o que quer que seja… mas quando preciso que o meu nome seja mesmo o meu nome, todos os que o usam usam-no vazio…ninguém sabe o que Mónica em mim de facto quer dizer…

         Já não olhava o teu céu há algum tempo… quando tudo isto me passa ligeiro nunca olho para o teu céu… porquê? És tu que me fazes erguer os olhos para esse teu céu, para te ver… és?... é que o teu céu faz-me chorar-te, chorando-me… e eu sei, eu prometi não chorar-te, mas também sei que estás farto de me apanhar a quebrar-te a promessa… logo eu que sempre cumpri com tanto rigor a minha palavra, estranho não é?... desculpa…

 

         Deve ser do calor, o meu cubo de gelo derrete-se, eu sei também não é nada meu… é o que te digo, este corpo é meu, as roupas são minhas, as palavras e gestos são e não são meus… decididamente a minha esquizofrenia está imparável… desculpa…

 

         Mas eu vou sair desta, eu sei que vou… tu estás nesse teu céu a ver-me, por-favor não me deixes, não me apagues a tua estrelinha… ainda não cresci o suficiente para ter um céu sem estrelas

 


publicado por uriel_arcanjo às 19:09
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. dias

. GOOD BYE

. GOING ON

. ...

. ...

. ...

. LIMBO_DARK ANGEL

. RETRATO FERNANDO PESSOA

. PERSPECTIVAS

. LUAR

.arquivos

. Abril 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Entre canibais

. my little sweet love

.participar

. participe neste blog

SAPO Blogs

.subscrever feeds