Sábado, 24 de Outubro de 2009

NO NAME

NAO HA ROSTOS

NAO HA CORPOS

HA APENAS VIDAS

QUE SE CRUZAM

QUE SE DESCRUZAM

 

NAO HA HORAS

NAO HA MINUTOS

HA APENAS MOMENTOS

DE SOLIDAO

DE COMPANHIA

 

NAO HA AMOR

NAO HA DESAMOR

HA APENAS VONTADE

DE QUERER

DE SER

 

 


publicado por uriel_arcanjo às 16:10
link do post | comentar | favorito

FINALMENTE

              Finalmente acordei do sonho, ou do pesadelo, nao ha hora certa para agir, ha apenas que agir.

             Ha espera da hora certa, magoei-me talvez por burrice mas pensava mesmo que tinha de esperar por um momento mais acertado, mas a vida e mais esperta que todos nos e sabe por tudo no seu devido lugar e encarregou-se de meter tudo no lugar e na hora certa.

            Decidi afastar-me de forma a arrumar bem as ideias, a estabelecer novas metas e a querer seguir em frente sem passado. Mas ha pessoas que me fazem imensa falta para isso, MAS EU SOU CAPAZ


publicado por uriel_arcanjo às 15:56
link do post | comentar | favorito

...

AO ENSINAR-TE A ESCREVER

FUI PERDENDO AS MINHAS LETRAS

O MEU ALFABETO FOI-SE TORNANDO UM DOCE ESTRANHO.

 

AO ENSINAR-TE AS PALAVRAS

FUI ESQUECENDO OS SEUS SIGNIFICADOS

FUI-ME DESLIGANDO DO MEU PROPRIO DIALECTO.

 

SEM QUERER FUI CAMINHANDO POR UM CAMINHO QUE NAO QUERIA

PERDI-ME

MAS PASSO A PASSO

VOU-ME REENCONTRANDO

E TALVEZ JA NAO TE LEMBRES DAS MINHAS LETRAS,

JA NAO SAIBAS QUE EXISTAM TAIS PALAVRAS

 

TALVEZ HAJAM MAIS DIALECTOS DO QUE OS NOSSOS DOIS


publicado por uriel_arcanjo às 15:40
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

?

não olhes para mim

porque não te quero dar a ver os meus olhos,

e tudo o que eles podem dizer.

 

não me peças para falar

porque a voz embarga-se

mas eu não quero ter de o explicar.

 

não me toques sem me tocar

porque nesse toque podes tocar onde não quero

e a máscara pode cair....


publicado por uriel_arcanjo às 14:31
link do post | comentar | favorito

abstinência de escrever

só dou erros

escritos

falados

pensados

sentidos

vividos

 

estou a tentar endireitar-me mas ainda hoje vou errar e cair no erro de tentar ser simpática educada e correcta quando sei que preciso de desaparecer mesmo, senão definitivamente algo muito lá perto...

 

sei que a culpa não é tua, não é minha... nem sei sequer se neste conceito o termo culpa se aplica...

 

preciso mesmo de desaparecer, mas sei que este não é o momento certo, mas quando for o momento certo não sei como estarei, já que a cada dia definho perigosamente

 

erro


publicado por uriel_arcanjo às 14:24
link do post | comentar | favorito

...

não são as tuas palavras ou os teus gestos que me prendem

são os teus silêncios nus


publicado por uriel_arcanjo às 14:23
link do post | comentar | favorito

queda

automaticamente ou por um mecanismo depressivo chega esta altura e a tua morte não me sai da cabeça... tá quase a fazer aniversário o dia em que morreste...

 

sabes que me sinto perdida e que por mais que me tente achar, não me acho... apenas me tento enganar a mim mesma, mas ainda por cima faço-o mal... sinto-me totalmente como um rafeiro abandonado, tu que me acolheste do anonimato em que sempre vivi, tu que me deste o significado do valor da família, que me amaste como soubeste e como pudeste e como te deixei, ficaste para sempre um amor de menina, um amigo irmão, um pai... foste sempre tudo o que eu precisava... estupidamente abriste as portas da tua casa a esta cadela rafeira vadia, e agora morreste mas dou comigo a passar nos locais de sempre, a rever-te como que em câmara lenta, a tentar tudo por tudo lembrar-te como eras e não o que as memórias imaginadas vão acabando por ditar... decididamente voltei a ser cadela rafeira vadia...

 

por isso não te admires de ir tanto à tua campa, afinal cão que é cão tenta sempre fazer companhia ao seu dono

 

desculpa


publicado por uriel_arcanjo às 14:14
link do post | comentar | favorito

BAD MOMENT

               I´m loosing to much and I can´t deal with it rightly...

 

               It´s almost doing a year that you´re dead and I don´t know why but I just can´t take it of my head, my "pup" is dying as in May, cancer, slowly and trendy cuse sometimes he seems so well but he´s not... I will tattoo stars cuse of you, cuse I can´t look up to the sky again and again...

I´m doing or having or whatever it is, a stupid job, in a place I don´t like with to much people I can´t like... I´m loosing the stupid smile, my funny way... I ´m fooling myself again and I´ll be fall down from to much high for me... I´m gonna crush down badly

 

sorry angel


publicado por uriel_arcanjo às 14:05
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. dias

. GOOD BYE

. GOING ON

. ...

. ...

. ...

. LIMBO_DARK ANGEL

. RETRATO FERNANDO PESSOA

. PERSPECTIVAS

. LUAR

.arquivos

. Abril 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Entre canibais

. my little sweet love

.participar

. participe neste blog

SAPO Blogs

.subscrever feeds